Qual é a importância do sistema digestivo?

Na digestão dos alimentos, os nutrientes são divididos em formas simples e liberados para absorção pelas células do corpo. Todo esse processo é tornado possível pelo sistema digestivo. A importância do sistema digestivo envolve a conversão de nutrientes em uma forma que pode ser usada pelo corpo, bem como a absorção nutricional. Proteínas, carboidratos e gorduras são grandes formas de nutrientes que são fragmentadas em aminoácidos, açúcares e ácidos graxos, respectivamente. Todos esses nutrientes são essenciais para a vida.

Quatro estágios formam o processo digestivo, incluindo ingestão, digestão, absorção e ingestão. A ingestão é o processo em que os nutrientes dos alimentos são absorvidos pelo organismo, enquanto a digestão quebra esses nutrientes em formas absorvíveis. Na absorção, os nutrientes digeridos se movem do intestino delgado para a corrente sanguínea para serem distribuídos para outras partes do corpo. A ingestão ou defecação, envolve a ejeção de resíduos ou partículas de alimentos não digeridas. Esses estágios contribuem para a importância do sistema digestivo.

A digestão começa assim que o alimento entra na boca onde é mastigado, esmagado e engolido. As partículas de alimento passam pelo esôfago antes de chegarem ao estômago. O ácido gástrico produzido no estômago digere parcialmente as partículas de alimentos que eventualmente passam para o intestino delgado onde são completamente digeridas. Ao contrário do estômago ácido, o intestino delgado possui um ambiente alcalino. As partículas de alimentos submersas no ácido gástrico do estômago são neutralizadas no intestino delgado pela ação do suco pancreático produzido pelo pâncreas.

A importância do sistema digestivo não termina na digestão completa dos alimentos no intestino delgado. As partículas de alimentos que não podem ser completamente digeridas vão para o intestino grosso onde são armazenadas como resíduos de produtos digestivos. No intestino grosso, a água é removida desses resíduos, tornando-se assim fezes secas e semi-sólidas. A composição das fezes inclui fibra, células mortas e bactérias. O reto serve como armazenamento de fezes, enquanto o ânus é a parte onde as fezes são liberadas.

Desde então, os especialistas utilizaram vários princípios e procedimentos científicos para estudar a anatomia humana. Desde o século 17, a pesquisa provou que todos os sistemas corporais estão interligados para que o corpo humano funcione bem. Enquanto todos os sistemas do corpo desempenham papéis cruciais na manutenção da vida humana, a importância do sistema digestivo deve ser enfatizada porque o corpo precisa de alimento para que outros órgãos funcionem bem. Doenças podem resultar se o corpo não puder absorver adequadamente nutrientes essenciais.