Qual é a membrana sinovial?

A membrana sinovial é um tipo de tecido mole encontrado em certas articulações no corpo. Também chamada de sinóvia, esta membrana ajuda as articulações a se moverem mais livremente e desempenha um papel na proteção contra o desgaste. Inflamação, câncer e outros distúrbios às vezes podem afetar essa membrana e causar problemas nas articulações significativos.

Uma articulação é uma área onde dois ossos separados se encontram e são conectados entre si por tecidos moles. Em certas articulações, um tecido fino chamado membrana sinovial está presente no espaço entre os ossos. Muitas vezes, abrange muitas estruturas articulares diferentes, incluindo tendões e ligamentos, que mantêm os ossos e músculos juntos, bem como as extremidades do osso que se encaminham para dentro umas das outras. As juntas que contêm esta membrana são geralmente chamadas de juntas sinoviais.

Dentro de uma articulação sinovial, camadas de membrana geralmente formam um saco, semelhante a um balão. O saco geralmente é preenchido com líquido sinovial. Este é um fluido espesso segregado pela própria membrana sinovial e projetado para ajudar a lubrificar as articulações, permitindo que elas se movam livremente sem os ossos esfregando um contra o outro. As juntas que contêm esta membrana e fluido, portanto, são geralmente aquelas que se destinam a ter amplas amplitudes de movimento, incluindo os tornozelos, joelhos, dedos dos pés, dedos, pulsos e quadris. Enquanto a membrana pode conter esse fluido espesso dentro dela, é de outra forma permeável a muitos produtos químicos menores no corpo, como oxigênio e nutrientes, que ajudam a manter a membrana e outras estruturas articulares vivas e saudáveis.

Como a maioria dos outros tecidos do corpo, a membrana sinovial está em risco de alguns possíveis problemas e doenças. Um dos distúrbios mais comuns é a irritação e a inflamação da membrana, também conhecida como sinovite. Às vezes, a sinovite ocorre sem motivo conhecido e, de forma semelhante, resolve por conta própria, outras vezes, no entanto, pode ocorrer devido a uma doença subjacente, como a artrite reumatóide. Nesta forma de artrite, o sistema imunológico muitas vezes confunde a sinóvia como invasor estrangeiro. O sistema imune monta um ataque contra a membrana, fazendo com que ele engrossa e incha na articulação, o que pode levar à dor, movimento limitado da articulação e eventual erosão do tecido ósseo.

Outros transtornos sinoviais muitas vezes tendem a causar sintomas similares. Por exemplo, o sarcoma sinovial – uma forma rara de câncer onde os tumores crescem na membrana sinovial dentro de uma articulação – muitas vezes causa dor e inchaço. Da mesma forma, a esclerodermia, uma condição que afeta muitos dos tecidos moles do corpo, às vezes incluindo a sinóvia, pode causar rigidez e desconforto nas articulações que afeta. Esses distúrbios destacam ainda a função essencial da membrana sinovial: criando um ambiente lubrificante para proteger e apoiar o movimento nas articulações articuladas chave.